Notícias

1 22/01/2018 16:40

O resultado do inquérito que apura as causas do naufrágio da lancha Cavalo Marinho I será divulgado nesta terça-feira (23), pela Marinha. De acordo com o capitão-de-fragata Flávio Almeida, chefe da assessoria do Comando do 2º Distrito Naval, a investigação será finalizada ainda nesta segunda-feira (22). 

O laudo será anunciado em uma entrevista coletiva, às 9h30, na sede do Comando do 2º Distrito Naval, no Comércio. “Esse processo vai para o Tribunal Marítimo, que fica no Rio de Janeiro e é composto por juízes togados e por juízes militares”, explicou o capitão. 

Nesse caso, as penalidades aplicadas aos réus serão apenas administrativas, não criminais ou cíveis. Entre as penas, estão a possibilidade de multas e até de suspensão de habilitação de navegação da empresa CL Transporte Marítimo. A partir do momento que o inquérito for remetido ao Tribunal Marítimo, o processo passa fazer pauta da pauta do órgão. Não há prazo para conclusão. 

Inicialmente, o prazo inicial para a conclusão era de 90 dias – ou seja, chegaria ao fim no dia 24 de novembro. No entanto, a Marinha pediu extensão. 

Investigação da Polícia Civil

A conclusão do inquérito da Polícia Civil depende do resultado da investigação da Marinha, de acordo com o delegado Ricardo Amorim, titular da 24ª Delegacia (Vera Cruz). Na semana passada, ele afirmou ao CORREIO que o inquérito civil estava “praticamente pronto”. Ao todo, 135 pessoas foram ouvidas. 

“Solicitamos exames de lesão corporal das vítimas, necropsias dos 19 mortos, informação de institutos de meteorologia e pedi laudos de particulares. São laudos de um especialista do Espírito Santo que fez uma análise da situação e do tamanho do barco”, afirmou, na ocasião.

Procurado pelo CORREIO nesta segunda, o delegado afirmou que teria uma reunião com representantes da Marinha. “Vou conversar com eles hoje (segunda) para acertar (quando receberá o laudo). Dependemos desse laudo. Vou analisar quando receber e podemos finalizar o inquérito”. 

O naufrágio

A lancha Cavalo Marinho I afundou no dia 24 de agosto do ano passado, cerca de 10 minutos após deixar o Terminal Marítimo de Mar Grande, que fica no município de Vera Cruz, localizado na Ilha de Itaparica.

A embarcação tinha como destino Salvador e levava 120 pessoas, sendo 116 passageiros e 4 tripulantes, que sobreviveram. Após o acidente, a embarcação ficou destruída.

Ao todo, 19 pessoas morreram - dessas, eram 13 mulheres, três homens e três crianças. 

Correio







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.