Notícias

1 18/01/2018 17:10

A defesa do presidente Michel Temer (MDB) entregou Supremo Tribunal Federal (STF),  nesta quinta-feira (18), as respostas para os questionamentos feitos pela Polícia Federal (PF). As perguntas foram encaminhadas no último dia 3 pelo STF e são referentes ao inquérito aberto pela PF para apurar suspeitas de favorecimento indevido ao setor portuário em um decreto presidencial que alterou regras das concessões das áreas.

O decreto foi assinado por Temer em 11 de maio e aumentou o prazo dos contratos de concessão de áreas portuárias de 25 para 35 anos, com possibilidade de renovação até 70 anos, beneficiando as atuais concessionárias. Nas respostas, Temer negou as acusações.

"Não tenho e jamais tive nenhuma relação com o setor portuário diversa das que mantive como parlamentar, Vice-Presidente e Presidente da República com os setores empresariais", disse, em uma resposta.

"Nunca recebi doações de empresas do Grupo Rodrimar (que seria beneficiado pela publicação) ou de seus sócios para as minhas campanhas eleitorais. (...) Nunca me utilizei de recursos não contabilizados em minhas campanhas. Todos os valores recebidos em razão das minhas disputas eleitorais foram devidamente escriturados e informados à Receita Federal e à Justiça Eleitoral", disse ele, em outras duas. 

Correio
Foto: Reprodução







Rua Tiradentes, 30 – 5-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.