Notícias

1 10/11/2017 11:00

O percentual de brasileiros que pretende gastar a primeira parcela do 13º salário com presentes de fim de ano subiu de 5% para 8,6% entre o ano passado e este, segundo pesquisa da Associação comercial de São Paulo. Já a quantidade de consumidores que planejam viajar com o dinheiro extra saltou de 2,5% para 8,6% no mesmo período.

“Tudo leva a crer que teremos um Natal muito bom e o saco do Papai Noel vai estar mais cheio. As vendas não chegarão próximas às de 2014, último Natal que a gente era feliz, mas poderemos recuperar as perdas do ano passado, se o varejo tiver bom desempenho”, diz Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp). Ele reforça, contudo, que somente em 2020, na melhor das previsões, o varejo chegará ao nível de 2014.

Em dezembro daquele ano, o Índice Nacional de Confiança (INC) da ACSP/Ipsos registrava otimismo de 148 pontos. No indicador mais recente deste ano, referente a outubro, a confiança do brasileiro, segundo o INC, foi de 73 pontos, nível no campo do pessimismo.

Na avaliação de Burti, as TVs têm tudo para ser o destaque das vendas de fim de ano em função do fim do padrão analógico e pela proximidade da Copa do Mundo.

Apesar do aumento na vontade de consumir, a pesquisa mostra que dois terços dos brasileiros ainda vão usar o dinheiro do 13º para pagar dívidas ou poupar (42,9% e 22,9%, respectivamente); praticamente os mesmos níveis do ano passado.

O levantamento ainda indica que os indecisos caíram de 22,5% para 17,1%, o que reforça a tendência de maior consumo nos próximos meses.A pesquisa foi realizada pelo Instituto Ipsos com 1.200 pessoas em todas as regiões do Brasil entre os dias 1º e 15 de outubro.

Notícias ao minuto
Foto: Pixabay







Rua Tiradentes, 30 – 5-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.