Notícias

1 18/07/2016 12:10

A tecnologia nos surpreende sempre. Às vezes, não tanto como esperávamos e, vez ou outra, nos deparamos com algumas esquisitices um tanto desnecessárias. É o caso do Commit-Tech, um microchip criado para identificar traições do parceiro.

O funcionamento dessa “tecnologia do comprometimento” é que é o ponto, deveras, bizarro da coisa. São dois chips. Um deve ser colocado na ponta do pênis e o outro na vagina. Em seguida, é só fazer o download do aplicativo no smartphone e voilà!

A moça passa a ter, literalmente, acesso constante ao pênis do amado, sabendo todas as suas atividades. Assim,se ele tiver relações sexuais com outra pessoa, é enviado um alerta para o celular dela.

Algumas de vocês talvez pense “mas isso não é nada bizarro, é útil mesmo!”. Bem, é um tanto interessante, é fato, criativo… mas útil? Útil para quê? Para quem?

Mas as respostas e a reflexão sobre essa ferramenta cabem em um espaço mais apropriado, lá na coluna Amor, Sexo e um pouco de Sacanagem, no portal Feminino e Além. Então, na próxima quinta, já temos um encontro marcado, pois esse assunto rende uma boa discussão.

Enquanto à tecnologia propriamente dita, eis mais um aparato no mercado. Quer dizer, ainda não está disponível. Os desenvolvedores afirmaram que o produto chegará às lojas em 2017, embora, na internet, os usuários estejam duvidando da veracidade da notícia.

Aguardemos, afinal é um produto bem polêmico, uma vez que pode ferir direitos como intimidade e privacidade. Porque vamos combinar, né, a mulherada ciumenta vai querer dar um jeito de colocar esse chip sem o dito cujo saber e aí já é certeza de muitaaaa confusão!

Tribuna da Bahia







Rua Tiradentes, 30 – 5-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.