Notícias

1 06/07/2022 18:45

Uma mulher que mora em uma casa com aspecto de abandonada em Higienópolis, São Paulo, e que costuma aparecer com uma pomada branca no rosto chamou a atenção de moradores do bairro de área nobre.

A moradora é Margarida Bonetti, que teria 68 anos e estaria morando no local há alguns anos, após sair dos EUA onde era investigada pelo FBI por manter uma empregada em trabalho análogo ao de um escravo. Não se sabe se a pomada branca seria uma forma de não ser reconhecida em São Paulo e deixar o passado nebuloso para trás ou apenas um hábito

O casarão que se tornou atração em Higienópolis fica na rua Piauí, perto da Praça Vilaboim, área nobre de São Paulo. Após a divulgação do caso, pessoas passam pela região, fazem "selfies" e postam nas redes sociais mostrando que estiveram em frente à casa. Entre os comentários sobre o imóvel em mau estado de conservação há o de que ele seria mal-assombrado.

Margarida Bonetti nasceu em abril de 1954 e viveu na casa de Higienópolis desde a infância. Ela saiu do local após o casamento, vindo a retornar anos depois. Por duas décadas, a empregada da família nos EUA viveu em péssimas condições, sem acesso à geladeira da família e ainda era agredida. O caso foi denunciado por vizinhos. O marido de Margarida, Renê Bonetti, ficou preso por sete anos pelo crime, se naturalizou americano e ainda vive no país. Margarida conseguiu vir para o Brasil enquanto a investigação acontecia

 

 

 

 

*R7 e jornal Folha de S. Paulo

 







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.430-180
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9711-6971 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.