últimas notícias

Notícias

1 12/08/2020 17:00

Cristina Pita

A Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA e a Defensoria Pública da União – DPU protocolaram uma ação cautelar preparatória para o ajuizamento de Ação Civil Pública contra a realização do teste de calha, previsto para ser realizado na próxima segunda-feira, dia 17, na usina hidrelétrica Pedra do Cavalo, localizada no Rio Paraguaçu, em Cachoeira. São alvos da ação a empresa Votorantim Energia, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – Inema e a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia – CERB.

Na ação cautelar preparatória, a DPE/BA e a DPU solicitam a suspensão do teste de calha até que sejam apresentados estudos que demonstrem a inexistência de impacto ambiental na operação.  O defensor público Maurício Moitinho, da 1ª Regional da Defensoria Pública do Estado da Bahia, em Feira de Santana, duramte entrevista ao Andaiá Urgente, da Rádio Andaiá FM, desta quarta-feira (12/8), falou sobre a ação cautelar e os impactos ambientais que o procedimento (teste de calha) pode causar à Reserva Extrativista Marinha da Baía do Iguape e às comunidades ribeirinhas no entorno do Rio Paraguaçu.

OUÇA







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.430-180
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9711-6971 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.