Notícias

1 17/01/2012 14:34

Mais uma vez flagramos um local aberto sendo feito de lixão pela população. Trata-se de um terreno baldio em frente ao Ginásio de Esportes Waldemar Queiroz, que vem sendo utilizado como depósito de lixo e restos de móveis.

O curioso é que no mesmo local há uma placa bem grande, com letras bem legíveis e a seguinte mensagem: “PROIBIDO JOGAR LIXO, ENTULHO E PODAS DE ÁRVORES”.

Realmente não jogaram só lixo, entulho e podas de árvores, havia no local os restos de um guarda-roupa, de um armário de cozinha e até de televisão. Mais uma vez a pergunta surge: Isso é culpa da prefeitura? Isso é culpa da empresa de limpeza? Isso é culpa do gari?

De quem é a responsabilidade pelos restos de móveis e eletrodomésticos jogados aleatoriamente em um espaço aberto?

Caso algumas pessoas não saibam, a orientação é ensacar todo e qualquer resíduo, colocá-lo na frente de casa depois das 7 da manhã, que é o horário de coleta do lixo na cidade e não venham com a história de que o carro do lixo não passa, porque este local fica próximo ao centro e com certeza a empresa de coleta passa por ela uma vez ao dia pelo menos. É necessário que a sociedade se sinta responsável pelo espaço em que vive, foi-se o tempo em que se juntavam montanhas de lixo para depois tocar fogo, foi-se o tempo de tratores cavando montes de lixo e jogando nas caçambas para despejar no lixão e largar lá.

Atualmente a cidade vem implantando a coleta seletiva, que é muito simples: basta separar lixo seco do lixo orgânico, que é aquele formado por restos de comidas, cascas de frutas e verduras, etc.

Em um momento de sérios transtornos climáticos, onde se tem alagamento na Bahia e seca no Rio Grande do Sul, as pessoas precisam tomar consciência de que não se vive mais na época da falta de informação, todos já ouviram uma vez falar em Meio Ambiente, as escolas, igrejas, postos de saúde, associações estão sempre tocando neste assunto e é inadmissível que atitudes como esta continuem, pois quem paga caro é a própria sociedade.

Quem sofre depois com surtos de dengue, infestação de ratos, escorpiões e outros animais, quem vive em uma rua suja e mal organizada é a própria sociedade, portanto, antes da prefeitura, antes da empresa de coleta, é a população a responsável pela sujeira depositada nas ruas. É a sociedade responsável por ensinar seus filhos e netos a não sujar o meio ambiente, pois quando se fala em Meio Ambiente, não se fala só nas matas, florestas, rios e mares, se fala em lugar onde há vida, onde seres vivos habitam, ou seja, cidades, ruas, bairros e a nossa casa fazem parte do Meio Ambiente e devem ser cuidados.

Assim sendo, é importante que as pessoas tenham consciência de que são tão responsáveis pela cidade quanto as autoridades, se a prefeitura já colocou uma placa avisando para não jogar lixo no local, sendo que a inobservância poderá acarretar MULTA, é porque é algo sério, que deve ser respeitado por todos os moradores, que devem buscar outras maneiras de descartar seus resíduos. Vale a pena perder um pouco de tempo desmontando o móvel velho, ensacando-o e aguardando o caminhão da coleta passar para levar, ou ao menos ligar para a empresa de coleta perguntando o que fazer para descartar este material. Dessa forma, teremos uma cidade mais limpa, com um ambiente mais agradável e saudável para todos.







Rua Tiradentes, 30 – 5-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.