Notícias

1 15/10/2019 16:40

Quando alguém fala que está namorando um avião, geralmente usa o termo como adjetivo para exaltar os dotes físicos do amado. No caso da alemã Michele Köbke, 30, ao usar a sentença acima ela fala no sentido literal. A moradora de Berlin garante que há cinco anos vive um relacionamento com um Boeing 737-800.

Michele percebeu o seu crush incomum quando embarcou num voo pela primeira vez, em novembro de 2013. Em março de 2014, aconteceu seu primeiro date com um 737-800, foi amor à primeira vista e a aeronave levou o coração dela para as alturas.

"Eu fiquei muito excitada quando embarquei e percebi que estava apaixonada pelo 737-800", lembra. Como todo bom casal, este também conta com apelidos românticos. Michele costuma chamar seu amado de "schatz", que pode ser traduzido como "querido".

O namoro é descrito pela alemã como "muito físico". A parte triste é que os pombinhos - ou melhor, aviõeszinhos - podem passar pouco tempo juntos. Isso porque para o encontro acontecer Michele precisa comprar uma passagem de avião, algo que seu orçamento não permite que ela faça com tanta frequência.

"Um relacionamento com um avião não é fácil, é muito difícil. Só consigo ficar perto dele quando eu voo ou quando visito algum hangar, o que aconteceu apenas uma vez em minha vida, no dia primeiro de maio de 2019. Eu aproveitei cada milissegundo deste momento", diz emocionada.

Mas, como não há barreiras que possam impedir o amor, Michele encontrou uma maneira para embarcar de cabeça neste relacionamento. "Eu tenho um grande modelo dele feito de fibra de vídro (como o original). Então com ele eu consigo viver este amor em algum nível", comemora.

Michele conta que o namoro que ela tem com seu schatz não é muito diferente do entre duas pessoas. "Nós temos noites relaxantes e quando vamos para cama, nos abraçamos e pegamos no sono", narra.

A parte que Michele mais acha particularmente irresistível em seu amado são os winglets, que ficam nas extremidades das asas. "Quando toco neles, minhas mãos ficam suadas e fico muito excitada. Minhas bochecas chega doem do tanto que eu sorrio. Me sinto a mulher mais feliz do mundo. Quando estou com ele, tenho tudo que preciso", revela.

E o maior sonho dela é levar esta relação para um outro nível. "Quero me casar com meu amado e viver com ele num hangar. É uma forma especial de amor que não machuca ninguém", diz.

A paixão de Michele pelo 737 é conhecida como objectofilia - quando alguém tem uma atração romântica ou sexual focada num objeto inanimado. "Eu gostaria que isso fosse mais aceito pela sociedade. EU sou apenas um pouco diferente e continuo apaixonada pelo meu 737", afirma.

Correio







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9711-6971 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.