Notícias

1 07/03/2018 09:40

Pressão arterial elevada associada ao consumo exagerado de sal afeta mais de um em cada quatro adultos no Reino Unido e esse quadro não muda com uma alimentação saudável. Esse é o resultado de uma pesquisa britânica, publicada pela 'Veja'.

De acordo com a análise, os danos causados por uma dieta com alto teor de sal não são amenizados com a alimentação saudável (verduras, legumes, grãos). Ingerir mais do que 8,5 g de sal por dia resulta no aumento da pressão arterial e faz com que o coração trabalhe muito mais para bombear o sangue que leva ao corpo todo.

A recomendação é que adultos ingiram até seis gramas de sal por dia — o que é excedido de forma mais fácil se as pessoas comerem alimentos industrializados. Em agosto do ano passado, pesquisadores sugeriram que a ingestão de apenas duas colheres de chá de sal por dia, ou 3,73 gramas, já danifica o coração

“Atualmente, temos uma epidemia global de alta ingestão de sal e pressão arterial elevada. Esta pesquisa mostra que não há truques quando se trata de reduzir a pressão arterial”, ressaltou o médico britânico Queenie Chan, do Imperial College, de Londres, e um dos principais líderes do estudo. “Ter uma dieta com baixo teor de sal é fundamental – mesmo que sua dieta seja saudável e equilibrada”, enfatizou.

De acordo com as descobertas do estudo, Dr. Chan disse: “Como uma grande quantidade de sal em nossa dieta provém de alimentos processados, pedimos aos fabricantes que tomem medidas para reduzir o sal em seus produtos”.

O impacto do sal na pressão sanguínea está associado a ataques cardíacos, acidentes vasculares cerebrais e doenças renais.

Notícias ao minuto







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.