Esportes

1 22/12/2017 09:40

A Série A já acabou faz quase 20 dias, mas o Vitória ainda sofre com as consequências do duelo contra o Flamengo, no dia 3, na última rodada da competição. A derrota por 2x1 deixou o Leão na elite mas dois jogadores e o técnico Vagner Mancini acabaram denunciados ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e foram julgados nesta quinta (21).

Expulso na partida, o lateral Caíque Sá acabou absolvido e está liberado para voltar a atuar, seja pelo Vitória ou por outra equipe, já que seu contrato com o rubro-negro encerra-se no final do ano. No entanto, o clube tem interesse no seu retorno. Mancini e o meia Carlos Eduardo foram expulsos após o jogo acabar. "A partida terminou e o Vitória não sabia se tinha caído. Nessa partida, os atletas estavam se achando injustiçados.  A defesa pede que seja levado em consideração o estado emocional da equipe", alegou Patrícia Sa Leão, advogada do Vitória, na audiência.

Mesmo assim, Carlos Eduardo, autor do gol rubro-negro na partida, acabou punido com uma partida de suspensão e, caso retorne ao clube, não poderá atuar na estreia da equipe na Copa do Nordeste, dia 16 de janeiro, contra o Globo/RN, em Ceará-Mirim. O jogador, que também terá o vínculo encerrado no dia 31 de dezembro, também interessa ao Leão.

Já Mancini acabou levando apenas uma advertência, pela expulsão. Ao final da partida, segundo o árbitro Dewson Freitas da Silva, ele afirmou: "tu deveria ter expulsado o Diego, beneficiaste a equipe deles, eles não precisam disso". A decisão do STJD ainda cabe recurso. 

Correio
Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.