Esportes

1 02/05/2017 09:10

Não há tempo para novas estratégias ou algo que possa surpreender o adversário. Quarta-feira (3), às 21h45, na Fonte Nova, vai acontecer mais um Ba-Vi, o quarto do ano e o terceiro em menos de uma semana, desta vez iniciando a decisão do Campeonato Baiano.

“A gente sabe que não tem tempo de descansar. Agora é perninha pro ar, saber que em casa temos que nos impor como fizemos aqui. Procurar abrir vantagem até porque estamos jogando em casa para irmos com a vantagem pro segundo jogo no final de semana”, disse o volante Renê Júnior, um dos destaques do time no segundo jogo da semifinal da Copa do Nordeste.

A classificação diante do rival ainda repercute no elenco tricolor e deixou o clima no Fazendão bem mais tranquilo, principalmente porque o time já havia perdido os dois primeiros clássicos do ano.

Dessa vez, no entanto, a missão do Bahia é ainda mais difícil, embora o adversário seja o mesmo. Isso porque o regulamento do estadual dá ao Vitória a vantagem de jogar por dois empates para ser campeão, já que fez melhor campanha ao longo do campeonato. O jogo de volta é domingo (7), às 16h, no Barradão.

“A gente hoje está com um clima feliz, mas também sabemos que já temos que nos concentrar para a primeira final do Baiano, que é agora na quarta, aproveitar esses três dias para preparar bem e, se Deus quiser, fazer um bom resultado na Fonte Nova”, admitiu o meia Allione, autor de um golaço no último Ba-Vi.

Para o argentino, ainda que o rubro-negro esteja “mordido” por causa da eliminação na Copa do Nordeste, o Bahia estará preparado para brigar pelo título estadual. “Acho que o Vitória, tanto como a gente, jogou com muita vontade os dois jogos e, se eles vierem com mais gana, a gente vai com mais ainda. Sabemos que não podemos relaxar porque eliminamos eles, mas agora temos uma final e queremos ser campeões também”, afirmou.

Mesmo time?

Se para o primeiro jogo da final da Copa do Nordeste - que acontece no dia 17, ainda sem local definido - o técnico Guto Ferreira não vai poder contar com Armero, Edson e Régis, todos suspensos, na final do Baiano o trio estará à disposição do comandante, que ainda não definiu se vai repetir a equipe que venceu o Vitória por 2x0 no clássico de domingo (30) ou se vai fazer alguma mudança.

Guto passa a ter a opção do centroavante Gustavo, que pode entrar na equipe no lugar de Zé Rafael, o que faria Edigar Junio voltar a jogar aberto por um dos lados. O centroavante não atuou no domingo (30) por estar suspenso. Na zaga, Jackson faz sombra a Lucas Fonseca. Ele atuou parte do segundo tempo quando Lucas saiu com cãibras. Como era titular até sofrer a lesão no joelho, também pode retornar ao time.

Na segunda (1º), Guto comandou uma atividade com bola para aqueles jogadores que atuaram menos de 45 minutos no Ba-Vi. Nesta terça (2) à tarde, o comante tricolor terá novamente o grupo completo para fazer os últimos ajustes antes da partida de quarta (3), em que o Bahia tenta reverter a vantagem que é do Vitória.

Correio


Santo Antônio de Jesus

SAJ: PM recupera veículo roubado






Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.