Esportes

1 18/05/2016 15:00

A Seleção Brasileira Adulta Feminina já está de malas prontas para o 35º Campeonato Sul-Americano da Venezuela, que começa na próxima sexta-feira (dia 20) e vai até o dia 26.

O embarque da delegação nacional para Barquisimeto está marcado para esta quarta-feira (dia 18), às 7h40 de Brasília, no Aeroporto Internacional de Guarulhos (voo LATAM 8066).

As brasileiras comandadas pelo técnico Antonio Carlos Barbosa vão em busca do 26º título continental e o 16º consecutivo invicto.

Depois de 15 dias de preparação e três vitórias nos três confrontos contra Cuba, a Seleção Brasileira capitaneada pela ala Iziane Marques está pronta para a estreia na competição.

“A equipe evoluiu muito nesse tempo de preparação que tivemos. E isso é muito positivo, pois conseguimos assimilar o comando do técnico bem rapidamente, já colocando uma cara no grupo e desempenhando uma desenvoltura que não é típica em tão pouco tempo de preparação”, analisou a ala Iziane Castro Marques, de 34 anos e 1,82m.

Escolhida para ser a capitã da equipe nacional, Iziane é uma das atletas de maior confiança do técnico Antonio Carlos Barbosa.

“Dentro de quadra preciso ser a voz do meu técnico e eu possuo um convívio muito tranquilo com ele. Eu e Barbosa nos damos muito bem e nos entendemos”, disse a jogadora campeã e MVP (jogadora mais valiosa) da última edição da LBF com o time do Sampaio Corrêa (MA).

Iziane possui um vasto currículo em quase duas décadas nas quadras. Com a Seleção Feminina Adulta, a jogadora já esteve em edições dos Jogos Olímpicos (Grécia/2004), dos Jogos Pan-Americanos (México/2011), de três Campeonatos Mundiais (China/2002, Brasil/2006 e Republica Tcheca/2010), além de Copa América / Pré-Mundial (Brasil/2001), Torneio Pré-Olímpico das Américas (Canadá/2015) e Torneio Pré-Olímpico Mundial (Espanha/2008). Mas seguindo o sentido contrário da maioria das atletas, a jogadora titular absoluta da Seleção Brasileira e uma referência da sua geração nunca disputou uma edição do Campeonato Sul-Americano Adulto.

Uma das principais missões de Iziane na Seleção Brasileira é ajudar o Brasil a recuperar o lugar no pódio, o que não acontece desde a conquista da medalha de bronze nos Jogos de Sydney 2000.

Desde o início da preparação, a ala vem anunciando que se aposentará das quadras após a disputa dos Jogos Olímpicos do Rio.

Forma de disputa do Sul-Americano

As nove seleções foram divididas em dois grupos e na primeira fase jogam entre si nas suas respectivas chaves. As duas primeiras colocadas de cada grupo se classificam para a fase semifinal, nos seguintes cruzamentos: 1º A x 2º B e 1º B x 2º A. Os ganhadores disputam o título, enquanto os perdedores decidem o terceiro lugar.

35º Campeonato Sul-Americano Feminino

Data: 20 a 26 de maio
Local: Barquisimeto / Venezuela

Grupos: 

“A”: Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai e Uruguai
“B”: Argentina, Equador, Peru e Venezuela

1ª rodada – Dia 20 de maio
Chile x Colômbia e Uruguai x Brasil

2ª rodada – Dia 21 de maio
Argentina x Equador, Peru x Venezuela, Paraguai x Uruguai e Brasil x Chile, 

3ª rodada – Dia 22 de maio
Argentina x Peru, Equador x Venezuela, Colômbia x Brasil e Chile x Paraguai

4ª rodada – Dia 23 de maio
Equador x Peru, Venezuela x Argentina, Uruguai x Chile e Paraguai x Colômbia

5ª rodada – Dia 24 de maio
Colômbia x Uruguai e Brasil x Paraguai

Dia 25 de maio

Disputa de 5º e 6º lugares: 3º A x 3º B

Fase Semifinal
1º A x 2º B e 1º B x 2º A

Rodada Final – Dia 26 de maio
Disputa de 3º e 4º lugares – Perdedores da Semifinal
Disputa de 1º e 2º lugares – Vencedores da Semifinal

Tribuna da Bahia







Rua Tiradentes, 30 – 5-º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.