Esportes

1 10/09/2015 16:30

Em prévia de entrevista dada a revista Corner, o ex-jogador e atual treinador Dejan Petkovic criticou a falta de planejamento do futebol brasileiro. Perguntado se o Brasil aprenderia mais com a vinda de atletas europeus, o sérvio não poupou críticas a falta de um apoio aos novos atletas do país, o acaba por fazer com que muitos talentos sejam desperdiçados por conta de opiniões precipitadas e falta de profissionais competentes para treina-los.

“Não aprendem nem com os próprios jogadores que tem aqui. Desperdiça, joga fora depois de dois jogos. Se um moleque de 20 anos entrou no time, deitou e rolou em um jogo, já é um fenômeno. Depois de dois jogos, pisou três vezes na bola e já não presta para nada. Não tem planejamento. O jogador não está sendo bem tratado, lapidado. É preciso dar oportunidades, ensinar, formar, aprimorar… Tem muita coisa. O Brasil tem talentos, só que o talento tem que ser trabalhado. O talento, para virar sucesso, depende de horas e horas de trabalho. Além de horas de trabalho, precisa-se de professores excelentes. Não só horas de trabalho.”, reiterou.

Em sua nova carreira como técnico de futebol, Pet também confirmou que pretende continuar no Brasil e não pensa em voltar tão cedo para o seu país natal. Entretanto, o atual comandante do Criciúma não descarta ser o treinador do Estrela Vermelha, clube onde se firmou como atleta, em alguma oportunidade futura.

“A atual situação no meu país não está nada boa e meu planos agora estão voltados para o Brasil, para os próximos cinco ou seis anos e, depois, ir para a Europa. Se até lá o Estrela Vermelha ‘entra na Europa’ em todos os sentidos, pode até ser. Mas no momento não estou pensando nessa possibilidade.”

Bahia Notícias







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.