Esportes

1 15/08/2015 12:10

Os árbitros brasileiros estão a ponto de entrar em greve. Tudo porque querem receber um valor superior ao que algumas equipes da elite do Brasileirão ganham da TV. Os sindicatos de arbitragem de todo o país irão se reunir para decidir que rumo tomar depois que a presidente Dilma Rousseff vetou o ítem da MP do Futebol sobre o direito de arena dos árbitros. O texto propunha que 0,5% do valor dos direitos de transmissão fosse repassado aos juízes, o que foi rechaçado pela petista.

De acordo com a ANAF - Associação Nacional dos Árbitros de Futebol, com o veto, os árbitros deixarão de receber um valor próximo a R$ 9 milhões. Para se comparar, os sindicatos de atletas recebem 5% do direito de arena. O valor é depois repassado aos jogadores, mesma situação que os juízes exigem. Se a greve for mesmo decretada após os encontros marcados para quinta-feira, árbitros das quatro divisões nacionais não irão trabalhar nas partidas das Séries A, B, C e D.

A Procuradoria da Justiça Desportiva irá analisar eventuais infrações no protesto dos árbitros nas partidas do Campeonato Brasileiro. Se confirmado que o atraso nas partidas foi intencional, os árbitros podem responder por infração aos artigos 259 a 273 do capítulo VII do CBJD (Das Infrações Relativas a Arbitragem) que prevê como penalidades multa de R$ 100 a R$ 100 mil e suspensão por prazo, dependendo da análise e enquadramento da conduta. O movimento ameaça greve e parar uma das rodadas de todas as Séries do campeonato Brasileiro promovido pela CBF.

Tribuna da Bahia







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.