Esportes

1 22/10/2018 10:20

Concorrentes ao título da temporada de 2018 da Fórmula 1, o inglês Lewis Hamilton e o alemão Sebastian Vettel tiveram o mesmo sentimento após o GP dos Estados Unidos, neste domingo, no Circuito das Américas, em Austin. Ambos lamentaram o resultado que tiveram na pista: o piloto da Mercedes chegou em terceiro e não conseguiu o penta antecipado porque o rival da Ferrari terminou em quarto e adiou a decisão para o México, na semana que vem.

Na pole e com o companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas em terceiro no grid, Hamilton esperava um resultado melhor, mas com as circunstâncias da prova ficou feliz por estar cada vez mais perto do quinto título mundial de sua carreira - precisa de, no mínimo, um sétimo lugar no México sem depender do resultado de Vettel.

"Naturalmente eu esperava que a gente pudesse fazer mais na corrida de hoje (domingo), mas esse resultado acabou sendo o melhor possível com tudo que aconteceu. Precisamos seguir trabalhando e acelerando na próxima corrida. Voltei 12 segundos atrás (do finlandês Kimi Raikkonen) na minha primeira parada e parecia meio longe para buscar, não sei bem como a estratégia ficou assim", disse.

O inglês da Mercedes elogiou as atuações de Raikkonen e do holandês Max Verstappen, que tiveram ritmo bem forte quase que a corrida toda e ficaram à sua frente. "Parabéns ao Kimi, ele fez um grande trabalho hoje (domingo), sem erros. Verstappen foi outro que fez um grande trabalho e estava com um pneu um pouco melhor que o nosso no fim, então foi complicado. De qualquer jeito, foi legal que conseguimos ter um pouco de corrida, pelo menos", completou.

VETTEL - Já o alemão foi só lamentação pelo acidente em que se envolveu com o australiano Daniel Ricciardo logo na primeira volta - Vettel rodou ao tentar ultrapassar o piloto da Red Bull. Caiu para a 14.ª colocação e o resultado foi uma prova de recuperação até o quarto lugar.

"Fiquei com emoções mistas. Muito feliz pelo Kimi, nada feliz com a minha corrida. Acho que eu estava na parte cega para o Ricciardo e aí a curva foi ficando estreita, enfim, uma perda grande para mim. Certamente poderíamos ter feito coisa melhor que o quarto lugar", afirmou.

Para o alemão, o melhor a ser extraído da corrida nos Estados Unidos é o fim da seca e da fase ruim da Ferrari. "Estou realmente feliz pelo que conseguiu o Kimi, a equipe teve semanas muito duras, mas a minha fase ruim parece que não acabou ainda. Deveria ter sido um dia melhor", disse.

Estadão







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.