Entretenimento

1 23/04/2018 17:20

O padre Fábio de Melo, 47, costuma alertar seus fãs e falar sempre que pode sobre os perigos da depressão e outras doenças psicológicas. Em entrevista ao jornalista Roberto Cabrini para o programa Conexão Repórter, ele conta como passou pelo suicídio de sua irmã, Cida, fato que marcou sua vida e sua carreira.

"Eu achei que tinha sido tudo uma mentira, uma bobagem. Porque no meio de tudo aquilo eu não fui capaz de resgatar a minha irmã. Eu não fui capaz de ser para ela o que eu considero ser para muitas pessoas. É como se fosse um excelente médico e o paciente está morrendo ao meu lado e eu não o vejo."

No programa, que vai ao ar nesta segunda (23) às 23h30, ele diz que um dos desafios que enfrenta é a síndrome do pânico, um tipo de transtorno de ansiedade que leva a crises de desespero e medo. Melo relata que no auge das crises pensava muito na irmã. "Era a lembrança que mais me doía, eu não consegui chegar ao sepultamento."

O padre, que levanta a bandeira da saúde mental, já relatou ter passado uma semana trancado em casa e afirma ter "mais respeito pelo sofrimento" hoje. Na época da morte da irmã, ele diz ter questionado a própria fé. "Nem foi questionar. Eu cheguei a pensar que não tinha [fé]. Sabe quando você não tem onde se agarrar?"

No intuito de ajudar outras pessoas que passam por problemas parecidos, Melo também compartilha frases motivacionais em suas redes sociais. Ele também é conhecido por seus comentários bem humorados nas publicações de colegas como Evaristo Costa.

Notícias ao minuto







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9968-9004 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.